Arte em casa é um ateliê bem pequeno, mas grande em dedicação e idéias. Em cada peça que pinto coloco amor e carinho. São todas muito especiais !! Aqui quero repartir com vocês o dia a dia do ateliê. A novidade de 2012 é que as peças pronta entrega agora estão a venda pelo site http://www.arteemcasa.divitae.com.br/ e não mais aqui no blog. Para saber sobre peças disponíveis para encomenda, é só entrar em contato pelo email adriana.pires@hotmail.com

Sejam muito bem vindas(os) !!

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Novidade de antigamente... hein!!!

Gente olha só que fofurice...
Adicionar legenda
A mini caneca foi feita por encomenda pela amiga Eliana, do site
 http://anaeli-acessorios.blogspot.com/, especialmente para compor essa fofurice. 
Um coador como os de antigamente, só que em miniatura.... demais não é???
Olha só que texto mais lindinho... da vontade mesmo de tomar um cafézinho...

Charme garantido passar um cafézinho nesse mini coador de pano,como antigamente, diretamente na xícara ,na frente de quem você ama.


E o sabor , maravilhoso e nos faz lembrar os tempos da vovó.

Na minha infância eu ficava olhando minha avó passar café nesse tipo de coador. Que saudades !!!!!!

O mini coador com suporte de aço está a venda na nossa lojinha virtual e acompanha uma xícara de porcelana branca ,pintada a mão pela artista plástica Drix Pires ( adriana-pires.blogspot.com )

Confiram mais essa novidade !!!!!

12 comentários:

Maria Boneca Ateliê disse...

lindo Drix amei!!!Coisa mais fofa dá até para sentir o cheirinho do café....
bjsss
Carla

Artes da Natacha disse...

É bem romântico. Dá até vontade de sentar e tomar um cafezinho.

Cintia Branco disse...

Drix,

Lindo artigo, dá vontade de parar com tudo e saborear um chá assim. Parabéns pelo belo trabalho.
Beijos

Vicentina disse...

Drix, te passei email, quero tbm um quadrinho do divino, se puder postar a moringa e o divino pra eu ver fico feliz.
Seus trabalhos são lindos.
Bjs

Meru Sâmi disse...

OLÁ,
Acho que foi o cheiro do café que me chamou até aqui,rsrsr...
Demais,...E não é só do tempo das vovós não, minha família nunca deixou de usá-los. Quem prepara o almoça na casa de minha mãe, agora é meu sobrinho de 18 anos. E, imagine só se não sai um cafezinho esperto; no coador de flanela!
Esse seu blog é uma carícia! Adorei!

Beijos.

Mariane Godoi disse...

Oi Drix, pra variar passei no seu blog pra "namorar" as novas peças.
Adorei este kit para café, passei no site da Anaeli e não achei a Lojinha virtual e nem o preço do kit.
Portanto, gostaria de saber se vc tem disponível no seu ateliê e qual o preço.
beijos, Mari

Driks Barreto disse...

Nossa Drix suas peças são maravilhosas!!!!!e por coicidencia sou Driks também!!!rs
Acabo de abrir uma loja e quero ter coisas fofas nela como as suas,fiz parceria com allgumas blogueiras,e gostaria de saber se você quer fazer parte...meu email é estilopenelope@hotmail.com
Bjs linda Suce$$ooo!!!
www.badulaquesdadriks.blogspot.com
www.momentosdadriks.blogspot.com

Driks Barreto disse...

Oi Flor que bom que foi me visitar!dorei!!!rs
meu email é...
estilopenelope@hotmail.com
Obrigada!!!Bjs Boa semana.

Lu CY disse...

Oi, Drix! Nossa, quanto tempo não passava por aqui! Tão bom ver suas fofurices. Essa mini xícara ficou linda!
Beijo

Aline disse...

Hummm que delícia!

Adoro as coisas de antigamente, me faz lembrar minha infância feliz ao redor da saia da minha avó que morava na roça...

Suas peças são simplesmente lindas!...

bjs

Gisele disse...

Oi Drix,
Amei suas peças!!!!! Parabéns!
Estou interessada na caneca com o cuador. Quanto custa?
Por favor me passe um e-mail com os dados.
gizamith@yahoo.com.br
Bjs Gisele

Eliana disse...

Oi Drix,
Amei suas peças!!!!! Parabéns!
Se puder me visite.
bjs

dente de leão

dente de leão

Presente

Um dia, eu quis ser dente-de-leão. Desses que nascem em qualquer quina, em qualquer esquina, em qualquer calçada. Eu quis ser insistente, como quem rompe o asfalto para provar ser existente. Eu quis ser dente-de-leão para acabar na mão daquela criança Que foi até a esquina buscar a bola, ou que corria atrasada pra escola, E assim ser arrancado do solo áspero E ser soprado, Libertado, Liberado no ar como uma alegria certa Pra renascer em lugares diversos. Sim, eu quis ser ar, eu quis ser verso. Um dia, eu quis ser livre em meio às ruas da cidade, Eu quis ser livre. Um dia, eu quis ser. By Arthur Netto, 7/10/2005


Obrigada pelo presente...maravilhoso...me fez chorar de tão bonito...me fez chorar de saudade!
Que sorte a nossa!

visitas do mundo

free counters

Obrigada pela visita !!!