Arte em casa é um ateliê bem pequeno, mas grande em dedicação e idéias. Em cada peça que pinto coloco amor e carinho. São todas muito especiais !! Aqui quero repartir com vocês o dia a dia do ateliê. A novidade de 2012 é que as peças pronta entrega agora estão a venda pelo site http://www.arteemcasa.divitae.com.br/ e não mais aqui no blog. Para saber sobre peças disponíveis para encomenda, é só entrar em contato pelo email adriana.pires@hotmail.com

Sejam muito bem vindas(os) !!

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Retrospectiva....
Porta panetone, caneca, lavabo, casamento...








8 comentários:

Carol Viégas Artes disse...

Quanta coisa liiiiindaaa!!!
Sou super fã dos seus trabalhos.
Parabéns sempre.
Beijos

Sueli disse...

Olá! Drix, Lindo trabalho!!
Parabéns!

Muito sucesso hoje e sempre!!!

beijos
Sueli Moraes

Jo Andrade disse...

boa noite, estou passando para te deseja boas festas. paz, saude.

Calígrafa para Convites disse...

amei seu blog, adorei seus miaus. Vou ficar freguesa. Sou de Mogi também tenho um site trabalho com noivas ,debutantes bodas. Poderíamos fazer uma parceria . Moro aqui na VL. Oliveira. Meu site é: www.caligrafiaeconvites.com.br Bjos Sonia Grieco

ANDRÉA disse...

Olha que patinha mais fofa!!!!
Menina, vc quer me deixar doida com tanto trabalho lindo.
Passei pra te desejar um Feliz Natal repleto de muitas Alegrias.

Um enorme beijo
Andréa

Erica Veronica disse...

Sou apaixonada pelos seu trabalhos. Chega a brilhar meus olhos quando vejo.

Boas festas!!! bjus

Camila disse...

Adorei tudo...queria comprar tudooo....nossa!!!

Rosangela Oliveira disse...

Oi Drix! Seu trabalho é lindoooo, parabéns.
Rosangela (bomdefazer.blogspot.com)

dente de leão

dente de leão

Presente

Um dia, eu quis ser dente-de-leão. Desses que nascem em qualquer quina, em qualquer esquina, em qualquer calçada. Eu quis ser insistente, como quem rompe o asfalto para provar ser existente. Eu quis ser dente-de-leão para acabar na mão daquela criança Que foi até a esquina buscar a bola, ou que corria atrasada pra escola, E assim ser arrancado do solo áspero E ser soprado, Libertado, Liberado no ar como uma alegria certa Pra renascer em lugares diversos. Sim, eu quis ser ar, eu quis ser verso. Um dia, eu quis ser livre em meio às ruas da cidade, Eu quis ser livre. Um dia, eu quis ser. By Arthur Netto, 7/10/2005


Obrigada pelo presente...maravilhoso...me fez chorar de tão bonito...me fez chorar de saudade!
Que sorte a nossa!

visitas do mundo

free counters

Obrigada pela visita !!!