Arte em casa é um ateliê bem pequeno, mas grande em dedicação e idéias. Em cada peça que pinto coloco amor e carinho. São todas muito especiais !! Aqui quero repartir com vocês o dia a dia do ateliê. A novidade de 2012 é que as peças pronta entrega agora estão a venda pelo site http://www.arteemcasa.divitae.com.br/ e não mais aqui no blog. Para saber sobre peças disponíveis para encomenda, é só entrar em contato pelo email adriana.pires@hotmail.com

Sejam muito bem vindas(os) !!

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Oiii
Tô de volta!!!! uhuuu
Ainda com algumas coisas pra colocar no lugar... mas devagar tudo se ajeita.
Vou postar algumas fotos do meu novo cantinho, onde já comecei a fazer arte...em casa!!!
Bjsssss....







9 comentários:

Zaza Lombardi disse...

Ciao...
Que cantinho 10!
Bravo!!
Auguri..

Lourdes Sabioni disse...

Quero saber quando que vc vai mandar uma lista de preços destas coisas lindas...Quero umas latas recicladas e outras coisitas a mais!!!Bjs

Regiane disse...

Olá!
Que mesinha mais linda....estou louca por uma para minha casa.
beijos
Regiane

Laura disse...

Tá vendo, tudo tem o seu tempo. Agora volta com força total. Parabéns pelo novo espaço, que com certeza deve ter ficado lindo. Bjs.

Vera disse...

Pelo jeito tá super bem instalada.....o cantinho tá lindo!
Ainda bem que vc voltou....tava fazendo falta!
Bjo

LUCIENE disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
LUCIENE disse...

Abençoado seja esse ateliê , ficou LINDOOOOO e tbem vc é muito delicada e carinhosa com seu artesanato, não podia ser melhor, Te amo Flor!!!

Canto da Bruxa disse...

Oi Dri!
Que lindo o seu Canto! Dá vontade e não sair mais.Só criar. Juro que colocava uma rede na varanda só pras horas de pura preguiça e idéias sem fim, pura inspiração hahaha
Beijocas
Andrea

Lourdes Sabioni disse...

Tem selinho procê no meu blog...bjs

dente de leão

dente de leão

Presente

Um dia, eu quis ser dente-de-leão. Desses que nascem em qualquer quina, em qualquer esquina, em qualquer calçada. Eu quis ser insistente, como quem rompe o asfalto para provar ser existente. Eu quis ser dente-de-leão para acabar na mão daquela criança Que foi até a esquina buscar a bola, ou que corria atrasada pra escola, E assim ser arrancado do solo áspero E ser soprado, Libertado, Liberado no ar como uma alegria certa Pra renascer em lugares diversos. Sim, eu quis ser ar, eu quis ser verso. Um dia, eu quis ser livre em meio às ruas da cidade, Eu quis ser livre. Um dia, eu quis ser. By Arthur Netto, 7/10/2005


Obrigada pelo presente...maravilhoso...me fez chorar de tão bonito...me fez chorar de saudade!
Que sorte a nossa!

visitas do mundo

free counters

Obrigada pela visita !!!