Arte em casa é um ateliê bem pequeno, mas grande em dedicação e idéias. Em cada peça que pinto coloco amor e carinho. São todas muito especiais !! Aqui quero repartir com vocês o dia a dia do ateliê. A novidade de 2012 é que as peças pronta entrega agora estão a venda pelo site http://www.arteemcasa.divitae.com.br/ e não mais aqui no blog. Para saber sobre peças disponíveis para encomenda, é só entrar em contato pelo email adriana.pires@hotmail.com

Sejam muito bem vindas(os) !!

sexta-feira, 25 de maio de 2012

                                            Para o lavabo !!!


6 comentários:

KARINE MARIANO disse...

OI Adriana!!!!!!!!
EStou conhecendo o seu blog agora!!!!!!
Suas peças são lindissimas e o seu bom gosto indiscutivel. Parabensssssssssssssss por tanto talento!!!!!!!!!
Vou ficando aqui no seu cantinho e sempre que puder visitarei vc
Se puder visita o meu tb!!!!!
bjssssssssssssss
Um otimo final de semana

Liz disse...

Oi Drix querida!

Saudades! Andei sumidinha, mas já estou de volta.
Que lindas essas peças! Amo passear por aqui!
Beijosss

Virginia Jesus Fassarella disse...

Olá, Drix, há muito tempo te procuro e só hoje te encontrei. Dizem que nunca é tarde né? Adorei o seu trabalho. Beijos.

Gerlane Arts disse...

Oi Drix!
Nossa, o teu trabalho é maravilhoso.
Parabéns!
Um abraço enorme,
Gerlane
gerlane-arts.blogspot.com

Bruxinha Chic disse...

Oi, Drix! Quanto custa esta saboneteira? Perfeita, como tds os teus trabalhos!
Bjsss

Sucesso sempre!

Bruxinha Chic
http://bruxinha-chic.blogspot.com

Cibeli Gulini disse...

Olá vim visitar seu blog! Achei lindo! Estou seguindo seu blog e convido você a conhecer o meu.
Ficarei feliz se quiser seguir o meu blog também!
Meu blog é esse: http://amorporamigurumis.blogspot.com.br/

dente de leão

dente de leão

Presente

Um dia, eu quis ser dente-de-leão. Desses que nascem em qualquer quina, em qualquer esquina, em qualquer calçada. Eu quis ser insistente, como quem rompe o asfalto para provar ser existente. Eu quis ser dente-de-leão para acabar na mão daquela criança Que foi até a esquina buscar a bola, ou que corria atrasada pra escola, E assim ser arrancado do solo áspero E ser soprado, Libertado, Liberado no ar como uma alegria certa Pra renascer em lugares diversos. Sim, eu quis ser ar, eu quis ser verso. Um dia, eu quis ser livre em meio às ruas da cidade, Eu quis ser livre. Um dia, eu quis ser. By Arthur Netto, 7/10/2005


Obrigada pelo presente...maravilhoso...me fez chorar de tão bonito...me fez chorar de saudade!
Que sorte a nossa!

visitas do mundo

free counters

Obrigada pela visita !!!