Arte em casa é um ateliê bem pequeno, mas grande em dedicação e idéias. Em cada peça que pinto coloco amor e carinho. São todas muito especiais !! Aqui quero repartir com vocês o dia a dia do ateliê. A novidade de 2012 é que as peças pronta entrega agora estão a venda pelo site http://www.arteemcasa.divitae.com.br/ e não mais aqui no blog. Para saber sobre peças disponíveis para encomenda, é só entrar em contato pelo email adriana.pires@hotmail.com

Sejam muito bem vindas(os) !!

quinta-feira, 9 de junho de 2011

Vendido
Açucareiro  (linha cat)

        Açucareiro R$ 26,00 + envio    9,5 cm de diâmetro x 6,5cm de alt.
                                                        Pronta entrega

4 comentários:

Sueli disse...

Olá! Drix, Linda suas peças este açucareiro versão gatinho eu adorei...
Parabéns pelo seu trabalho.

Quando puder venha me visitar também

Beijos Sueli

Blog:artesanatoestreladepano.blogspot.com

MadeirArte disse...

Oi Drix!!!
Acho que vou ter que comprar mais uma peçinha sua, rsss.
Estou precisando mesmo de um açucareiro.
Você tem com outros motivos???


Bjos
Juliana

Hendy disse...

Oiiii... Drix suas peças são lindas!!! Parabéns!!!!!
Bom fds :*

Benísia disse...

OLá Drix!! è a primeira vez que entro em seu blog, e vou ser sincera estou apaixonada; suas peças são de uma delicadeza, que dá para sentir o carinho com que vc as faz! Parabéns, são todas um Luxo, de impressionar qq pessoa quando postas à mesa. Sou do Rio de janeiro, meu CEp: 20521-270, gostaria de saber, se fosse possível, o valor de envio para esse endereço, pois acho que vou me tornar sua cliente assídua. Fico no aguardo. O meu e-mail é: benisiapizzolante@gmail.com.
Abraços emais uma vez parabéns,
Benísia

Arquivo do blog

dente de leão

dente de leão

Presente

Um dia, eu quis ser dente-de-leão. Desses que nascem em qualquer quina, em qualquer esquina, em qualquer calçada. Eu quis ser insistente, como quem rompe o asfalto para provar ser existente. Eu quis ser dente-de-leão para acabar na mão daquela criança Que foi até a esquina buscar a bola, ou que corria atrasada pra escola, E assim ser arrancado do solo áspero E ser soprado, Libertado, Liberado no ar como uma alegria certa Pra renascer em lugares diversos. Sim, eu quis ser ar, eu quis ser verso. Um dia, eu quis ser livre em meio às ruas da cidade, Eu quis ser livre. Um dia, eu quis ser. By Arthur Netto, 7/10/2005


Obrigada pelo presente...maravilhoso...me fez chorar de tão bonito...me fez chorar de saudade!
Que sorte a nossa!

visitas do mundo

free counters

Obrigada pela visita !!!