Arte em casa é um ateliê bem pequeno, mas grande em dedicação e idéias. Em cada peça que pinto coloco amor e carinho. São todas muito especiais !! Aqui quero repartir com vocês o dia a dia do ateliê. A novidade de 2012 é que as peças pronta entrega agora estão a venda pelo site http://www.arteemcasa.divitae.com.br/ e não mais aqui no blog. Para saber sobre peças disponíveis para encomenda, é só entrar em contato pelo email adriana.pires@hotmail.com

Sejam muito bem vindas(os) !!

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

      Um pouco mais de antes e depois aqui do meu cantinho...
     com a cadeira que eu reformei e amei o resultado...rs
só que eu esqueci de tirar a foto do antes.


antes
depois

                                              
                                                
antes



                                                                        depois
                                                          depois

16 comentários:

Lu CY disse...

Que ambiente mais gostoso! Dá pra ver pelas fotos que é um espaço de ótimas energias!
E o que é essa cadeira vermelha, guria?! Linda demais!
Beijo

Lourdes Sabioni disse...

Tá mesmo muito lindo e delicado como você!!!
Beijos!

Ana Ulian disse...

nossa...lindo seu atelie...
tudo tão organizado, mesmo o antes....parabéns pelos trabalhos lindo!!!!

Isabella oliveira madeira disse...

Ficou lindo!!!!
A prateleira super organizada, a cadeira e o biombo!
tudo lindo!!!
Beijokas!

Kelly Cristina disse...

Lindo seu cantinho amiga....adorei tudoooo, um clima tão aconchegante...calmo, tranquilo, perfeito para criar...parabéns pelo bom gosto e talento...bjooooo grande!!! Bom fim de semana!!!!

Carol disse...

Seu ateliê é um encanto. Adorei.
Beijos

Mery Vale disse...

Oi Drix,
seu cantinhom é encantador como sus bels peças!
Adorei a cadeira, e o Biombo ficou show!Deve ser uma delícia trabalhar nest lindo cantinho!
Beijos e uma linda semana,
Mery

Liliane de Paula disse...

Vi na LuCy seu blog e vim conhecer. Blogs são assim. Um vai "puxando" o outro. Sua gata é linda e me deu ideia de fazer colarzinho para as minhas.

Ju disse...

Oi Dri, nossa q delícia seu cantinho heim...amei a cadeira vermelha.
Queria ver com vc, a tasmpa da minha meleira quebrou, será q vc não teria uma tampinha sobrando aí pra fazer pra mim...bjinhos pra vc!!

Artesanato feito a mão disse...

olá amei de paixão seu ateliê viu....qdo puder visite meu blog tá...vai ser um prazer ter vc como minha amiga...bjuxxxxxxxx...já to te seguindo tbm viu....

GIOVANNA BAZANI disse...

Oi, Drix. Tudo bem?

Adorei seu cantinho, muito aconchegante!
Seu blog é super legal, adorei e já estou seguindo.

Um beijo e ótimo feriado para você.

Gi
http://gbazani.blogspot.com

Carla Pathy : disse...

Tudo tão lindo...
Arrumadinho, organizado, fofo e aconchegante...uma delícia de olhar! Imagina que delícia passar algumas horinhas nesse cantinho tão acolhedor!
Amei tudo, mas a cadeira está DIVINA!!!!!!!!
Beijoquitas!

Guria Arteira disse...

A cadeira ficou liiinda!!
Sábado passei na frente de uma estofaria e bati o olho em uma do mesmo modelo pensando em como adoraria ter uma para reformar... A tua ficou perfeita! Adorei!

Liz disse...

Oi Drix querida!
Estava de férias, mas já estou de volta. Passei para te dar um grande abraço, estava com saudades!
Que delícia de cantinho, amei os "antes e depois"...rs. Seu espaço está lindo, um aconchego para os olhos e para a alma. Já olhei tudo, quanta coisa fofa...Amo de paixão os seus trabalhos!
Beijosssssssss

Fabiana Pinha disse...

Adorei o seu cantinho. muito lindo mesmo, clin.

Suliana disse...

Olá! Adriana,
É uma graça seu cantinho....
A Eliana (Anaeli) sem comenta comigo, preciso conhecer de pertinho...

Agora entendo de onde vem a inspiração para estas peças maravilhosas.

Abraços

dente de leão

dente de leão

Presente

Um dia, eu quis ser dente-de-leão. Desses que nascem em qualquer quina, em qualquer esquina, em qualquer calçada. Eu quis ser insistente, como quem rompe o asfalto para provar ser existente. Eu quis ser dente-de-leão para acabar na mão daquela criança Que foi até a esquina buscar a bola, ou que corria atrasada pra escola, E assim ser arrancado do solo áspero E ser soprado, Libertado, Liberado no ar como uma alegria certa Pra renascer em lugares diversos. Sim, eu quis ser ar, eu quis ser verso. Um dia, eu quis ser livre em meio às ruas da cidade, Eu quis ser livre. Um dia, eu quis ser. By Arthur Netto, 7/10/2005


Obrigada pelo presente...maravilhoso...me fez chorar de tão bonito...me fez chorar de saudade!
Que sorte a nossa!

visitas do mundo

free counters

Obrigada pela visita !!!