Arte em casa é um ateliê bem pequeno, mas grande em dedicação e idéias. Em cada peça que pinto coloco amor e carinho. São todas muito especiais !! Aqui quero repartir com vocês o dia a dia do ateliê. A novidade de 2012 é que as peças pronta entrega agora estão a venda pelo site http://www.arteemcasa.divitae.com.br/ e não mais aqui no blog. Para saber sobre peças disponíveis para encomenda, é só entrar em contato pelo email adriana.pires@hotmail.com

Sejam muito bem vindas(os) !!

domingo, 15 de novembro de 2009

Na semana passada participei do Bazar benificente do Clube de campo aqui de Mogi.
Já é o terceiro ano que participo. Foi ótimo!!!
Vou postar as peças que levei para o bazar, e que graças a Deus, a maioria foi vendida. Começando pelos " Bule xícara "






4 comentários:

Ju disse...

Oii vim te convidar pra participar de uma troca de cartões no meu blog...é bem simples, depois dê uma passadinha lá...bjos!!

Andrea Guim disse...

Amo! Amo! Amo!! E assim, pintado a mão com tanta delicadeza ficou absolutamente lindo!! Também queroooo!!
Beijins!

Andrea Guim disse...

Oi, Drix!
Sou doida pra ter um destes bules com xícara junto, de bolinhas (ou não). Só que olhei na sua loja e não tem. Você vai fazer pra depois de janeiro?? Quanto é e quanto deve sair o frete pro RJ???
Me manda e-mail:
andreaguim3@yahoo.com.br
Beijins!

Tata disse...

Oi Drix...
Não conhecia o seu blog, mas seguindo a dica da amiga Ruby, estou por aqui e mais encantada do que nunca...
Como faço para fazer encomendas hein!!!
Fiquei louca por uma das moringas que vc postou e tb por uma das xícaras com bule... Sem falar nas outras coisas todas lindas!!!
Pode me respoder por e-mail?!?
talita@irb-brasilre.com.br ou tamar.xpto@gmail.com

Bjuxxxxxxx

dente de leão

dente de leão

Presente

Um dia, eu quis ser dente-de-leão. Desses que nascem em qualquer quina, em qualquer esquina, em qualquer calçada. Eu quis ser insistente, como quem rompe o asfalto para provar ser existente. Eu quis ser dente-de-leão para acabar na mão daquela criança Que foi até a esquina buscar a bola, ou que corria atrasada pra escola, E assim ser arrancado do solo áspero E ser soprado, Libertado, Liberado no ar como uma alegria certa Pra renascer em lugares diversos. Sim, eu quis ser ar, eu quis ser verso. Um dia, eu quis ser livre em meio às ruas da cidade, Eu quis ser livre. Um dia, eu quis ser. By Arthur Netto, 7/10/2005


Obrigada pelo presente...maravilhoso...me fez chorar de tão bonito...me fez chorar de saudade!
Que sorte a nossa!

visitas do mundo

free counters

Obrigada pela visita !!!