Arte em casa é um ateliê bem pequeno, mas grande em dedicação e idéias. Em cada peça que pinto coloco amor e carinho. São todas muito especiais !! Aqui quero repartir com vocês o dia a dia do ateliê. A novidade de 2012 é que as peças pronta entrega agora estão a venda pelo site http://www.arteemcasa.divitae.com.br/ e não mais aqui no blog. Para saber sobre peças disponíveis para encomenda, é só entrar em contato pelo email adriana.pires@hotmail.com

Sejam muito bem vindas(os) !!

terça-feira, 7 de abril de 2009

Mais um pouco de Páscoa!!!





6 comentários:

Lets disse...

Oi, Drix,
Sua produção é incrivelmente linda, delicada e charmosa... Amei! Aliás, tenho gosto pra pintura não por ter o dom, mas por ser filha de uma super prendada. Por isso, reconheço de looonge coisa bem feita. As suas são adoráveis, viu?
Depois dá uma passadinha na Nossa Casa. Será um prazer ter a sua visita. Vou passar pela sua casa sempre, viu?
Bjim,
Lets

Laély disse...

´paixonei por tudo!:
Sua gatinha, as latinhas pintadas, as canequnhas pra cactos...
Posso mostrar algumas coisas suas lá no blog?
Abraço!

Lourdes Sabioni disse...

Ai,ai,ai...bruxinha...quero esta páscoa aqui em casa....buá,buá,buá.
Vou ficar grávida aos 45 só pra ganhar...Bjs

Ruby disse...

Oie Drix! Você é uma AR TIS TA!!! Estou encantada com seu trabalho, é sério, são lindos de morrer. Fiquei querendo tudo. São de uma delicadeza incrível. Parabéns, vou te adicionar aos meus favoritos agora mesmo. Bjokas.
Obs: a gatinha é linda.

Laély disse...

Drix:
Tá a turma toda lá, no meu blog: você, sua gatinha e seus trabalhos!
Abraço e obrigada!

Roberta Granada disse...

Oi , gosto muito do teu blog, eu tb tenho um blog sobre artesanato em geral e agora estou disponibilizando aos meus leitores download grátis de revistas, http://agulhaetricot.blogspot.com,visite-me,beijo.

dente de leão

dente de leão

Presente

Um dia, eu quis ser dente-de-leão. Desses que nascem em qualquer quina, em qualquer esquina, em qualquer calçada. Eu quis ser insistente, como quem rompe o asfalto para provar ser existente. Eu quis ser dente-de-leão para acabar na mão daquela criança Que foi até a esquina buscar a bola, ou que corria atrasada pra escola, E assim ser arrancado do solo áspero E ser soprado, Libertado, Liberado no ar como uma alegria certa Pra renascer em lugares diversos. Sim, eu quis ser ar, eu quis ser verso. Um dia, eu quis ser livre em meio às ruas da cidade, Eu quis ser livre. Um dia, eu quis ser. By Arthur Netto, 7/10/2005


Obrigada pelo presente...maravilhoso...me fez chorar de tão bonito...me fez chorar de saudade!
Que sorte a nossa!

visitas do mundo

free counters

Obrigada pela visita !!!